ÁSIA/INDONÉSIA - Rumo à Jornada dos Jovens Asiáticos: fé e diálogo para os jovens católicos de Bali

Terça, 11 Abril 2017 jovens   jornada mundial da juventude   diálogo   islã   hinduísmo   paz    

Denpasar (Agência Fides) – “Os jovens são o futuro da Igreja. A Igreja deve ser um local acolhedor para os jovens e deixar que eles expressem sua fé através de várias atividades”: é o que diz à Fides Emilius Melkisedek, 20, católico, membro do grupo de Pastoral Juvenil na paróquia São Francisco Xavier em Kuta, na diocese de Denpasar, na ilha indonésia de Bali. Ali existe uma única diocese, Denpasar, com oito paróquias.
“O futuro da Igreja é a juventude. Nós queremos uma igreja que sustente as atividades dos jovens e abra a porta para eles com amor e carinho. Se a Igreja ignora os jovens, então ignora o seu futuro”, acrescenta. Melkisedek, estudante universitário de Gestão, está entre os jovens ativos na paróquia. O grupo de Pastoral juvenil a que pertence tem cerca de 60 membros que se envolvem na animação de um coro litúrgico, em representações teatrais sobre a vida extraídas da Bíblia, em programas de conscientização em todo os territórios paroquiais. “O meu interesse nas atividades de Pastoral juvenil é motivado pelo meu amor pela Igreja, e ao fazer isso a minha fé é fortalecida”, disse ele.
“As atividades dos jovens também me ajudam a socializar com outras organizações, com pessoas de outras religiões, bem como melhorar as relações com os jovens da minha fé”, ressalta, apreciando muito o fato de que “o Papa Francisco tenha escolhido o tema dos jovens para o próximo Sínodo dos Bispos, que se realizará em 2018, em Roma”.
“Estou feliz com esta escolha. Isto dará um grande impulso à Igreja no acompanhamento pastoral dos jovens para o bem da própria fé, a espiritualidade e para uma melhor formação humana nas famílias e comunidades. Acredito que os jovens católicos possam se tornar catalisadores de uma mudança social e ser raio de esperança para os outros. Isto é muito importante, na Indonésia, o maior país islâmico do mundo”, observa Melkisedek a Fides.
Outra nota positiva para os jovens indonésios é o Dia da Juventude Asiática que se realizará de 30 de julho a 9 de agosto precisamente na Indonésia, reunindo na Arquidiocese de Semarang mais de 3.000 jovens católicos de 29 países asiáticos que debaterão o tema “Juventude asiática em festa: viver o Evangelho na Ásia multicultural”.
“Os jovens de Bali, diz Melkisedek, estão entusiasmados. Estamos explorando maneiras e caminhos para entrar no diálogo inter-religioso, através de encontros comuns e atividades esportivas com jovens muçulmanos e hinduístas, a fim de promover a paz, a tolerância, a unidade e a integração social em Bali, uma da metas turísticas onde os cidadãos hinduístas são a maioria. Em seu território Melkisedek quer fazer a sua parte, semeando o Evangelho: “Jesus é o nosso modelo de vida e nossa salvação. Como jovens, queremos cuidar do futuro da Igreja: nós somos o futuro da Igreja”. (ES – PA) (Agência Fides 11/4/2017)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network