AMÉRICA/VENEZUELA - Franciscano morto por criminosos que roubam alimentos destinados a idosos e deficientes

Terça, 11 Abril 2017 violência   fome   política  
O franciscano Diego Bedoya

O franciscano Diego Bedoya

Aragua (Agência Fides) - O franciscano Diego Begolla, dos "Hermanos Franciscanos de la Cruz Blanca", responsável pela "Casa Hogar" em La Victoria, Estado de Aragua, na Venezuela, foi encontrado morto na madrugada de ontem, segunda-feira 10 abril, em seu escritório. A notícia foi confirmada pela Conferência Episcopal da Venezuela. De acordo com outras informações enviadas à Agência Fides do local, ele teria sido morto durante um assalto, porque no pescoço tinha uma ferida de arma branca.
Frei Diego, nacionalidade colombiana, estava na Venezuela há mais de 15 anos, e realizava seu ministério pastoral na casa dedicada ao tratamento e cuidados aos idosos e crianças com deficiência que hospeda 65 pessoas não autossuficientes. Este centro trabalha em estreita colaboração com a "Cruz Blanca" que também fornece comida e mantimentos para as camadas sociais desfavorecidas. Os ladrões de fato levaram embora os alimentos destinados aos hóspedes do centro.
O corpo do sacerdote apresentava sinais de luta, por isso parece que tenha sido espancado antes de ser morto. A polícia confirmou que eles roubaram computadores e outros objetos de valor, bem como toda reserva de alimento para os idosos e crianças deficientes que vivem ali. (CE) (Agência Fides, 11/04/2017)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network