http://www.fides.org

News

2013-10-04

ÁSIA/IRAQUE – 6 cristãos no novo parlamento autônomo do Curdistão

Erbil (Agência Fides) – Somente 6 das 11 cadeiras do novo Parlamento regional do Curdistão iraquiano serão ocupados por deputados cristãos. Trata-se das cinco cadeiras reservadas pelo sistema eleitoral às minorias cristãs.
Segundo informações apuradas pela Agência Fides, das 6 cadeiras reservadas aos cristãos caldeus e assírios, duas foram aos candidatos da lista "Al-Rafdein", Yacub Gorgees Yako e Lina Azaria Shaba. A lista recebeu 6145 votos. Também a Assembleia das organizações caldeias, assírias e sírias, com 5730 votos, obteve duas cadeiras, que serão ocupadas pelos parlamentares Wahida Yaqo Hirmiz e Kamal Marqoz. A lista “Filhos da Mesopotâmia” recebeu apenas 1093 votos e levará ao Parlamento o deputado Saleem Matti. Já a cadeira reservada aos cristãos armênios irá a Yraond Nisan Marqus, que recebeu 532 votos.
As eleições para o Parlamento autônomo marcaram uma migração dos equilíbrios políticos do Curdistão iraquiano. A União Patriótica do Curdistão (Puk), liderada pelo presidente iraquiano Jalal Talabani não é o primeiro partido do Curdistão iraquiano. A força que dominou durante décadas o cenário político da região obteve apenas 18 das 111 cadeiras em jogo, chegando em terceiro lugar.
O Partido Democrático do Curdistão (Pdk) do presidente da região autônoma Massoud Barzani, com 38 cadeiras, se tornou o Partido de maioria relativa, enquanto Goran (Movimento para a mudança), principal partido da oposição, obteve 24 cadeiras, chegando em segundo lugar.
As eleições marcaram também um sensível avanço da União Islâmica do Curdistão: a formação islâmica obteve 11 cadeiras. (GV) (Agência Fides 4/10/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network